Páginas

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

O Próprio Santareno destrói Santarém

Por Sabrina Plachi

O Próprio Santareno destrói Santarém:

· Jogam lixo na cidade toda, até nas praias. E fazem isso sabendo que é errado por preguiça de levar num saquinho e jogar no lixeiro de casa.
· Santarenos destratam santareno no atendimento ao público
· Os prefeitos santarenos não se importam com os santarenos que estao nos hospitais, escolas, infra estrutura da cidade que colocam os santarenos em constante risco de morte
· E quando é pra denunciar e exigir melhorias contra essa corrupção ninguém faz, mas quando é pra fazer barraco por causa de homem ou mulher, vários se enchem de razão e argumento e lutam incansavelmente a vida toda. Tanta energia gasta em algo em vão....
· Os santarenos que trabalham em órgãos públicos não colaboram com os próprios santarenos ao agilizar atendimento e andamento de processos
· Os santarenos vêem algo ilegal e não denunciam porque não querem se indispor nem com os bandidos.
· Os santarenos se acomodam ao invés de procurarem seus direitos e de brigar pelo certo
· Os alunos santarenos não lêem, não estudam para ser o melhor, apenas para passar de ano
· O santareno tem R$ 30,00 para gastar com bebida, mas não gastam R$ 30,00 com livros porque acham que é bobagem
· O santareno tem um feio vício de pedir. Não podem ver alguém em melhor situação que vão lá e pedem algo, não se esforçam em conseguir. Não possuem honra, pois quem pede se rebaixa.
· O santareno rouba o próprio santareno
· O santareno não limpa o próprio quintal e nem a casa e não entende de onde vem tanta doença.
· Os santarenos não pensam e não respeitam o bem estar dos outros santarenos: jogam lixo descaradamente na frente da casa do vizinho, tratam os outros mal, dirigem sem pensar na segurança do outro (principalmente motoqueiro: não dirige com segurança e não pensa na segurança dos outros) e não se preocupam em melhorar.
· Santarenos não cuidam de seus filhos, destratam seus idosos e não merecem ter animais de estimação.
Ainda tem gente que não entende o motivo de Santarém estar como está. Santareno, por favor, olhe ao seu redor e veja que nossa cidade está uma vergonha e não é culpa só dos governantes não: é sua!!! Colabore com o mínimo:
· Seja pelo menos educado: no trânsito, com colegas de trabalho, amigos, parentes....
· Faça seu trabalho: sem precisar que alguém brigue para isso. Você depende do trabalho dos outros e outros dependem do seu.
· Organize sua casa: algumas casas enfeiam toda a rua e deixar uma casa bonita não precisa de dinheiro, basta vontade: deixe o quintal limpo, deixe sua casa organizada, plante árvores..
· Não apóie o que é errado: não ache graça quando alguém lhe falar sobre maus tratos de animais, não ache graça quando alguém contar uma história onde idosos se dão mal, não deixe crianças ficarem sem respostas, não permita que seus amigos se tornem mais importante que seus irmãos na sua vida, não admita que você seja limitado a uma vida sem futuro promissor.
· Não seja como palhaço de circo fazendo de tudo para chamar atenção para si, seja educado e verá como a educação atrai olhares e sorrisos.
· Tenha um objetivo, isso te ajudará a ser melhor. Você quer ser alguém admirado? Alguém feliz em sua profissão? Ou você quer ser eternamente uma pessoa que ganha 1 salário mínimo, vive pedindo ajuda de político e não sabe fazer mais nada além de fofoca de vizinhos? Só depende de você. Lute, saia do comodismo e ajude nossa cidade a ter pessoas mais dispostas e motivadas.
· Não jogue lixo na praia ou na rua, você já está cansado de ouvir e continua fazendo. Não ensine às crianças que a cidade é um grande lixo e você pode sujar onde quer. Dê exemplo e as crianças seguirão.
Isso já deixará nossa cidade melhor, mas só depende de ti. Vai colaborar ou vai continuar fazendo do mesmo jeito esperando cair do céu????

6 comentários:

  1. Parabéns sabrina pela matéria. Se nós moradores urbanos não cuidamos de nossa casa, quem vai cuidar? A cidade é o nosso habitat. Ninguém deve esperar cair do céu, quando algo que esperamos, depende de nossa vontade em fazer acontecer. Olha, esse costume ruim não ocorre só na Pérola do Tapajós, onde morei quando era estudante. A maioria das cidades amazônicas impera a falta de costume em zelar por aquilo que é nosso e vital, (respeitar o outro, não furar filas em bancos, colaborar com o gestor municipal, ambicionar vida melhor, etc. As vezes não agimos e esperamos que alguém faça por nós. Se cada um fizer a sua parte, teremos uma sociedade melhor.

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com a senhora ou senhorita clerismá estava lendo esse post aqui em itaituba acontece a mesma coisa as pessoas nao se ajudam so se ajudam quando é para fazer badernas e ficar porre nas ruas fazendo companhia para os urubus.

    ResponderExcluir
  3. Essa semana no cabelereiro tinha uma rapaz se vangloriando de quase ter mandado matar um irmão, que conhecia um monte de delegado que o ajudou, etc.Como é triste a situação das pessoas daqui, se acomodam com tão pouco, se vangloriam por atos ilegais. É tão bonito um povo que se ajuda, que tem o espírito de coletividade. Onde sempre tentam ser melhores e sem machucar ou ferir os direitos de ninguem.

    ResponderExcluir
  4. Luciano Fernandes Soares14 de fevereiro de 2011 10:59

    Acredito que a melhor forma de iniciar uma mudança verdadeira e definitiva, seria através de um investimento serio em educação, distribuição melhor de renda e leis mais rigorosas para guiar as construções e crescimento de Santarém.

    Hoje vemos o quanto as cidades européias, asiáticas, americanas e ate chilenas melhoraram significativamente com o desenvolvimento econômico e educacional do seu povo, muitas cidades que eram um lixo a 50 anos atrás hoje são bons exemplos de urbanismo e beleza, elas só conseguiram chegar onde chegaram, através da combinação desenvolvimento econômico, educação e política seria em urbanismo.

    Só na lei (papel) não vamos conseguir mudar a aparência de Santarém, alias ate podemos, mas vai ter muita coisa estranha/feia. Hoje infelizmente a maioria de nossos políticos principalmente vereadores e prefeitos que governam esta cidade não tem interesse algum no coletivo, urbanismo e aparência... Só pensam nos seus bolsos...

    Porem, o governo de Santarém constrói mal e não faz um bom serviço em suas obras. Veja só o hospital municipal, Confesso que nunca quis ir lá e dou graças a deus de nunca precisar ir, pois os comentários a respeito são muito desagradáveis. No meu ponto de vista isso chega ao extremo, pois uma cidade como essa ter essa referencia é uma vergonha.
    É chato e desconfortável ver as pessoas reclamando, ir ao restaurante e sentir o cheiro ruim que vem das ruas, Estacionar e quando voltar ver que seu carro ta arranhado por você ter negado dinheiro ao cara que pediu pra “olhar” seu carro.
    Tenho absoluta certeza que se a população quiser mudar essa cidade ela muda, pois todos podem ver o que acontece na copa...
    Quantas ruas, postes e árvores não serão Pintados de verde e amarelo durante a copa??
    Quantas pessoas irão se reunir nas ruas em comemoração?
    Quantas faixas e folhetos serão jogados nas ruas??
    Quanta critica vai existir durante o jogo? ... Nesse momento o povo vira técnico da seleção brasileira e nem se importa em pular nos buracos distribuídos pelas ruas Santarém.
    É o exemplo perfeito de mostrar como o povo não se importa, que a culpa não é só dos políticos e sim um “PROBLEMA DE TODOS”
    Já viram o estádio como fica no jogo do São Raimundo?? Agora imagina se aquele povo todo estivesse lá, todos reunidos, discutindo sobre as melhorias da cidade e vestindo a camisa da intolerância, da impunidade e do povo que não pode esperar mais pela mudança... Pense bem e reflita sobre isso.

    att.
    Luciano Fernandes Sares

    ResponderExcluir
  5. Com certeza. Bora mudar povo? Eu ja faço minha parte: ando com saquinho para lixo dentro do carro, leio e me informo, por exemplo a rua muiraquitã, no papel da cidade, está toda asfaltada, qnd na verdade ...eles (governantes) só fazem isso pq ninguem do povo lê.

    ResponderExcluir
  6. Sabrina, concordo plenamente com você, em gênero, número e grau; compartilho da mesma revolta, devemos exigir nossos direitos, mas também cumprir nossos deveres, não esperando só pelos outros e abrindo nossas próprias janelas buscando sempre o conhecimento. Como já dizia Confúcio:" O homem só começa a envelhecer quando desiste de aprender ".Ah! Parabéns, você se tornou uma linda e sábia mulher; acredito que você não lembre de mim, mas conheci você quando ainda éra uma criança, eu estudava no Cristo Salvador com o Toni e o Fabricio, e sempre ia na sua casa brincar com eles e o Renato Maria, hoje moro aqui em Manaus. Por favor dê lembranças minhas ao Toni e ao Fabricio. Um abraço.

    ResponderExcluir