Páginas

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Rai X Fran será transmitido pela Rádio e TV Cultura pra todo Pará

O Governo do Pará, por meio da Rede Cultura de Comunicação (Funtelpa), oficializou na noite de quarta-feira (11), em cerimônia na sede do Paraclube, a parceria com a Federação Paraense de Futebol (FPF) para a transmissão dos jogos do Campeonato Paraense 2012, que chega a sua 100ª edição. O ano também marca o inicio da digitalização do sinal da TV Cultura, que efetivou consignação junto ao Ministério das Comunicações, e a sua expansão para o interior, com criação de duas novas geradoras, em Marabá e Santarém. “Estes serão dois novos braços da TV Cultura”, anunciou o governador Helenílson Pontes.
Na ocasião, o titular da Secretaria de Esporte e Lazer (Seel), Marcos Eiró, também assinou contrato com a FPF para garantir o custeio de deslocamento, hospedagem e alimentação. O Banco do Estado do Pará (Banpará) também patrocina o Parazão 100 e é marca oficial dos oito clubes paraenses que disputam o campeonato: Remo, Paysandu, Tuna, Águia, Independente, São Raimundo, Cametá e São Francisco.
A disputa do Parazão 100 começa neste final de semana, com transmissão ao vivo pela TV, Rádio e Portal Cultura. A abertura será no sábado (14), às 16h, no estádio da Curuzú, com a partida entre Paysandu e Cametá. Em Santarém, jogam São Raimundo e São Francisco, às 19h. Às 20h, em Tucuruí, se enfrentam Independente e Tuna Luso. E no domingo (15), completando a primeira rodada, jogam Remo e Águia, às 9h45, no Baenão.
Segundo a presidente da Funtelpa, Adelaide de Oliveira, a expectativa é de que pelo menos 50 partidas sejam transmitidas, o mesmo número de 2011. Pelo contrato, apenas 35 estão previstas. “Esse é o Parazão 100 e não pode ser por acaso. O futebol paraense entra numa nova era com três parceiros: público, clubes e governo. Pela primeira será transmitido para todo o Estado o clássico da região do Tapajós, entre São Raimundo e São Francisco. Os jogos mais importantes do sub-20 também serão transmitidos. Outra novidade é que a TV Cultura abre espaço na programação para que todos os clubes possam exibir um programa instituicional com duração de 5 a 10 minutos”, destacou.
Para o presidente da Federação Paraense de Futebol, Antônio Carlos Nunes, o Parazão 100 tem tudo para entrar na história. “Vimemos uma nova geografia no futebol, onde os times do interior cada vez alcançam mais destaque. A parceria com a Funtelpa deu certo e hoje o Governo do Estado é o maior patrocinador do futebol paraense. Com isso, todos ganham, sobretudo o torcedor, seja da capital ou do interior, que vai poder assistir ao futebol. Os times também recebem uma injeção financeira importante”, afirmou.

2 comentários:

  1. Não sei se todos ficaram sabendo sobre uma decepção que tivemos com um jogador da equipe Hay Fay "Miséria", que andou aprontando poucas e boas aqui na cidade e ainda por cima procurado por não pagar pensão para seu filho que segundo informações mora em Mato Grosso. Ninguém nega que ele bate um bolão nas quadras mas precisamos de craques que tenham caráter dentro e fora de quadra. Felizmente o que ele aprontou aqui foi descoberto ou pelo menos o que sabemos, é uma pena mas acho que falta de caráter é um requisito que o time não precisa em seu curriculun.

    ResponderExcluir
  2. Sou leitor assíduo de seu blog.Se possível adiciona meu blog na sua lista de Blog. Jean Correa. http://jean-correa.blogspot.com/

    ResponderExcluir